Como os jogos de tabuleiro podem ajudar na educação?

Publicado: 01/04/2017

Você acredita que jogar torna as pessoas mais inteligentes? Na verdade, jogar apenas treina e fortalece habilidades que você já possui.

Os jogos de tabuleiro não servem apenas como distração, Eles possuem também finalidades muito abrangentes e benéficas para os jogadores, sobretudo para crianças e adolescentes. Subestimados ainda no Brasil, os jogos de tabuleiros possuem um grande potencial a oferecer no desenvolvimento de habilidades, muito mais do que se pode imaginar. 

Com as facilidades do mundo online, as crianças foram perdendo o interesse por jogos de tabuleiro e não mais recebem estímulo para esse tipo de brincadeira. Mas nunca é tarde para resgatar a diversão desse tipo de jogo. Através deles, os competidores fazem verdadeiros exercícios cerebrais que podem melhorar o aprendizado e até mesmo prevenir doenças neurológicas, como por exemplo o mal de Alzheimer. 

Jogos de tabuleiro e seus benefícios

Um dos principais benefícios dos jogos de tabuleiro é a interação – seja com familiares, colegas de escola ou amigos, que se unem para competir. A função social destes jogos permite que as pessoas desenvolvam uma função cognitiva mais ativa. 

Os jogos de tabuleiro possuem efeitos muito positivos no cérebro dos jogadores, já que é um verdadeiro exercício mental que enriquece as ligações celulares e estimula os neurônios. Dessa forma, os espaços cerebrais reservados à memória, atenção e raciocínio são ativados e exercitados.

Durante o período do jogo, a concentração é a principal forma de atuação do cérebro, o que é um excelente exercício para estudantes que precisam dela para realizar suas tarefas escolares. O cérebro humano tem média de concentração de 50 minutos, mas esse tipo de atividade pode estender esse período de foco.

A memória verbal e visual também é ativada, o que permite desenvolver uma lógica própria durante a partida, observando inclusive como funcionam os movimentos do adversário para agir antes dele.

Logo abaixo temos uma pequena lista de jogos com as respectivas habilidades que podem ser estimuladas durante uma partida, de acordo com uma palestra que assistimos da Neuropsicopedagoga, Elaine Alves Cravero:

Fantasma Blitz

Este jogo é extremamente rápido, consiste no reconhecimento de forma e cor para testar os reflexos de crianças, jovens e adultos. Em Fantasma Blitz, cinco itens de madeira ficam na mesa à espera de ser apanhado: um fantasma branco, uma garrafa verde, um rato cinzento , um livro azul, e um sofá vermelho. Cada carta do baralho mostra imagens de dois objetos, com um ou ambos objetos com as cores bagunçadas. Com todos os jogadores jogando ao mesmo tempo, alguém revela uma carta, em seguida, os jogadores devem pegar o objeto "certo" - mas qual objeto é o certo? 


  1. Se um objeto é colorido corretamente - por exemplo, uma garrafa verde e um rato vermelho -, então os jogadores precisam pegar o objeto da cor correta. 
  2. Se ambos os objetos são coloridos incorretamente - por exemplo, um fantasma verde e um rato vermelho - então você procura pelo objeto ou cor que está faltando na carta. Neste exemplo, há verde, vermelho, fantasma e mouse, então os jogadores precisariam pegar o livro azul. 

Este jogo ajuda a treinar:

  • Raciocínio Lógico
  • Memória
  • Atenção
  • Planejamento
  • Controle inibitório

Micro Robô

Micro Robô é um jogo de ação simultânea que desafia os jogadores a definir rapidamente como o robô pode se mover de um lugar para outro no tabuleiro.

O tabuleiro deste jogo é formado por 36 faces de dados, lado a lado, formando um quadrado de 6x6, com as faces dos dados sendo numerados de 1a 6, e mostrando seis cores, com cada combinação de número e cor aparecendo exatamente 1 vez.


Role o dado de cores e o dado de números para determinar o local de partida para o robô transparente, e em seguida, para iniciar a rodada, role os dois dados novamente para determinar o espaço alvo;

Todo mundo tenta ao mesmo tempo descobrir mentalmente como mover o robô para o espaço alvo, porém o robô deve mover-se sempre perpendicularmente a um espaço que compartilha a cor ou número de seu local atual.


Por exemplo, nesta imagem acima, se o robô começa no "6-branco", ele pode se deslocar ortogonalmente a todo o espaço que possua o número "6" ou o número "branco"; neste caso ele moveu para "6-verde", e agora pode, mais uma vez mover ortogonal a qualquer espaço que possua um "6" ou "verde"; e assim por diante. Assim que um jogador tem uma solução, ele grita o número de movimentos, e em seguida, pega o robô e demonstra a solução. 

Este jogo ajuda a treinar:

  • Atenção
  • Lógica
  • Coordenação viso-espacial
  • Planejamento
  • Socialização

Ilha Proibida


A Ilha Proibida é um emocionante jogo cooperativo no qual os participantes têm de trabalhar em equipe para encontrar quatro poderosos tesouros sagrados escondidos em uma ilha mítica e sair dali antes que as águas a cubram por completo.
Este jogo ajuda a treinar:
  • Raciocínio Lógico
  • Memória
  • Atenção
  • Verbalização

Ubongo


Ubongo é um bom jogo para a família porque sua mecânica diverte tanto crianças quanto adultos. Suas regras são explicadas em piucas sentenças.

Cada jogador recebe um tabuleiro e 12 peças parecidas com as do jogo Tetris, cada uma delas num formato diferente. Então um dos jogadores joga o dado e vira a ampulheta. Que peças terão de ser colocadas no tabuleiro de cada jogador é determinado pelo resultado do dado. Cada jogador tenta colocar as peças em seu tabuleiro de modo a resolver o quebra-cabeça o mais rápido possível. O primeiro a terminar grita Ubongo! Ele pode mover seu peão no tabuleiro geral e pegar duas joias. Enquanto isso, os outros jogadores continuam tentando montar seus quebra-cabeças enquanto houver areia na ampulheta. Eles também poderão mover seus peões e recolher joias. O jogador que conseguir mais joias de uma só cor será o vencedor. E nem sempre ele será o mais rápido.

Este jogo ajuda a treinar:

  • Raciocínio Lógico
  • Atenção
  • Coordenação viso-espacial
  • Planejamento

Sushi Go!

No jogo de cartas Sushi Go, você está comendo em um restaurante de sushi e tentando pegar a melhor combinação de pratos. Você ganha pontos para coletar o maior número de rolos de sushi ou fazer um conjunto completo de sashimi. Mergulhe o nigiri favorito em wasabi para triplicar o seu valor! E uma vez que você comeu tudo, termine a sua refeição com todo o pudim que tiver! 


Sushi Go leva o mecanismo de compra de cartas. A dinâmica de "comprar e passar" é trazida à tona, mantendo um mínimo de regras. Como você vê as primeiras mãos de cartas, você deve avaliar rapidamente o destino da rodada e decidir que tipo de sushi você se focará. Então, a cada turno você precisa pesar que cartas manter na caixinha e quais passar. As diferentes combinações de pontuação permitem algumas jogadas inteligentes e combos desagradáveis. Rodada a rodada, você também deve ficar de olho no objetivo de ter a maioria das cartas de pudim no final do jogo!

Este jogo ajuda a treinar:

  • Atenção
  • Verbalização
  • Controle inibitório

Considerações finais

Há muitos eventos e campeonatos no exterior com estes tipos de jogos, com um grande número de seguidores que se tornam verdadeiros especialistas. Já o Brasil vem descobrindo os board games competitivos aos poucos.

Embora o Micro Robô seja mais complexo e ative a visão espacial e matemática do jogador, o jogo Ubongo não fica atrás e permite criar estratégias e fazer análises racionais sobre a posição das peças – excelentes formas de exercício. 

A Ilha Proibida também é um clássico e permite lidar com emoções de conquista e derrota através da cooperatividade, além de estimular a criação de estratégias e atitudes para conseguir resgatar todos os tesouros e ainda conseguir escapar da ilha a tempo. 

Fantasma Blitz e Sushi Go! são ótimos para exercitar a matemática, o raciocínio lógico, a atenção e o bom senso.

Todos estes jogos são muito bons para qualquer idade e recomendamos muito eles, são ótimos para aprender e se aperfeiçoar, além de serem muito divertidos.




Voltar